Euler Tours a través del software Scratch: una secuencia de tareas de investigación

Palabras clave: Noções de Topologia, Anos Iniciais do Ensino Fundamental, Investigação Matemática, Software Scratch.

Resumen

O presente artigo tem como objetivo apresentar uma sequência de tarefas que foi desenvolvida pelas pesquisadoras bem como os resultados da aplicação desta para alunos do quarto e quinto ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal na cidade de Ourinhos, Brasil. Inspirada no problema histórico “As sete pontes de Königsberg”, a sequência compreende nove tarefas que foram desenvolvidas com o software Scratch. Ao tentarem resolver as tarefas, os alunos a fizeram de forma investigativa. A escolha por este problema caracterizou-se por ser de fácil contextualização com a realidade atual e ao ser adaptado ao contexto infantil, permitiu que os alunos percebessem uma utilização prática de conhecimentos aprendidos em sala de aula como: movimentação de objeto no espaço plano, estudo de vértices, arestas, números pares e ímpares, conhecimentos previstos como conteúdos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. A metodologia adotada foi de natureza qualitativa. Os resultamos mostraram que os alunos conseguiram aproximarem-se dos quatro teoremas, alguns com desempenho melhor que outros. As tarefas permitiram que se expressassem oralmente e por meio de escrita, o que possibilitou reflexões sobre o objeto de estudo por parte dos alunos e das pesquisadoras.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Priscilla Frida Salles Tojeiro, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR
Priscilla Frida Salles TojeiroMestre em Ensino de Matemática pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR, campus de Londrina-PR (2019), bacharel e licenciada em Análise de Sistemas e Tecnologias da Informação pela Faculdade de Tecnologia de Ourinhos - FATEC (2008), graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (2013) e especialização em Mídias em Educação pela Universidade de São Paulo - USP (2013). Atualmente é professora de educação básica - nível I da Prefeitura Municipal de Ourinhos. Participa do Grupo de Estudos e Pesquisa em Inclusão Social - GEPIS - UNESP - Marília. Mais informações noCurrículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/4883972855752874   ORCID: http://orcid.org/0000-0001-5113-092X.E-mail: priscillatojeiro@yahoo.com.br
Eliane Maria de Oliveira Araman, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Cornélio Procópio
Possui graduação em Licenciatura Em Ciências Habilitação Em Matemática pelo Centro de Estudos Superiores de Londrina (1994), Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual de Londrina (2006) e Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual de Londrina (2011). É docente do Departamento de Matemática da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Cornélio Procópio e do Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Ensino de Matemática (PPGMAT).

Citas

Brasil. (2017). Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular.

Brasília: MEC. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/

Consulta: 28/04/2020.

Kalinke, M. A.; Mocrosky, L.; Estephan, V. M. (2013). Matemáticos, educadores

matemáticos e tecnologias: uma articulação possível. Educação Matemática

Pesquisa. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação

Matemática. XV, (2), p.359-378.

Lorenzato, S. (2008). Educação infantil e percepção matemática. 2 ed. Campinas:

Editora Autores asociados.

Malheiros, B. T. (2011). Metodologia da pesquisa em educação. Rio de Janeiro: Editora

LTC.

Mattar, J. (2010). Games em educação: como os nativos digitais aprendem. São Paulo:

Editora Pearson Prentice Hall.

Piaget, J. (1975). A construção do real na criança. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Zahar.

_________.; Inhelder, B. (1993). A representação do espaço na criança. Porto Alegre:

Editora Artes Médicas.

Ponte, J. P.; Brocardo, J.; Oliveira, H. (2013). Investigações matemática na sala de

aula. 3 ed. Belo Horizonte: Editora Autêntica.

_________.; Quaresma, M.; Mata-Pereira, J.; Branco, N. (2017). Investigações

matemáticas e investigações na prática profissional. São Paulo: Editora Livraria

da Física.

Rissi, M. R.; Franco, V. S. (2008). Topologia: uma proposta metodológica para o

ensino fundamental. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/

Consulta: 02/01/2020.

Sampaio, J. C. V. (2010). Uma introdução à topologia geométrica: passeios de Euler,

superfícies, e o teorema das quatro cores. São Carlos: Editora UFSCar.

__________, (2004). Quatro cores e matemática. Universidade Federal da Bahia. II

Bienal da SBEM. Disponível em: bienasbm.ufba.br/M35.pdf. Consulta:

/12/2019.

Smole, K. C. S.; Diniz, M. I.; Cândido, P.(2014). Figuras e Formas. 2 ed. Porto

Alegre: Editora Penso.

Valente, J.A. (1993). Diferentes usos do computador na educação. Computadores e

Conhecimento: repensando a educação. Campinas: Editora UNICAMP.

Publicado
2020-09-03
Métricas
  • Visualizaciones del Artículo 51
  • PDF downloads: 45
Cómo citar
Salles Tojeiro, P. F., & Oliveira Araman, E. M. de. (2020). Euler Tours a través del software Scratch: una secuencia de tareas de investigación. PARADIGMA, 476-498. https://doi.org/10.37618/PARADIGMA.1011-2251.0.p476-498.id883