APRENDIZAJE A TRAVÉS DE LA INVESTIGACIÓN CENTRADA EN EL ESTUDIANTE: LA CONSTRUCCIÓN DE LA IDENTIDAD CRÍTICO-CIENTÍFICA EN LA ENSEÑANZA DE LA QUÍMICA

Palabras clave: Ensino-aprendizagem., Aprender pela pesquisa, Dicumba

Resumen

Considerando que existe um descaso quanto ao ato de aprender os conteúdos da ciência química na Educação Básica, acredita-se ser importante a inserção de metodologias que se concentram no interesse e na curiosidade do aluno em detrimento dos conceitos desta ciência; logo, este artigo objetiva entender como uma metodologia ativa que se concentra na pesquisa como princípio pedagógico pode instigar o aluno a aprender a partir do interesse e da curiosidade, desenvolvendo uma visão transdisciplinar das ciências e uma identidade crítico-científica pautada na autonomia. Esta pesquisa enquadra-se numa análise de métodos mistos, a partir da derivação dos dados qualitativos da interpretação estatística-quantitativa. Fazem parte desta pesquisa 26 alunos da terceira série do Ensino Médio de uma escola pública de São Leopoldo, RS/Brasil. Os dados construídos via formulário online, observação e interpretação dos trabalhos de pesquisa, foram analisados por meio do software Statistical Package for the Social Sciences e da Análise Textual Discursiva, demonstrando que a utilização da pesquisa em sala de aula é compreendida da mesma forma pelos sujeitos de idades e gêneros diferentes, os quais ajuízam que a metodologia possibilita a aprendizagem a partir do interesse, da descoberta e da investigação, propiciando-lhes a construção de uma identidade crítico-científica.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Eduardo Bello Dunker, Universidade Federal do Paraná
Graduando em Licenciatura/Bacharel em Química e bolsista de Iniciação Científica na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Linha de Investigação: Metodologias Ativas e Formação de Professores em ciências.
José Claudio del Pino, Universidade do Vale do Taquari
Pós-doutorado em Ensino de Química (Universidade de Aveiro). Doutorado em Biomassa e Mestrado em Química (UFRGS). Graduação em Química (UFRGS). Professor da Universidade do Vale do Taquari (UNIVATES). Linha de Investigação: Ensino de química e formação de professores.

Citas

Barbosa, R. M. N., & Jófili, Z. M. S. (2004). Aprendizagem cooperativa e ensino de química: parceria que dá certo. Ciência & Educação, 10(1), 55-61. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5274378.

Bedin, E. (2020). Do algodão doce à bomba atômica: avaliações e aspirações do aprender pela pesquisa no ensino de Química. Debates em Educação, 12(27), 236-253. https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/9587.

Bedin, E. (2021a). Como Ensinar Química?. Revista Diálogo Educacional, 21(69). https://doi.org/10.7213/1981-416X.21.069.AO09

Bedin, E. (2021b). Por que Ensinar Química?. Currículo sem Fronteiras, 21(3), 1639-1654. http://dx.doi.org/10.35786/1645-1384.v21.n3.33

Bedin, E. (2021c). Dicumba: uma metodologia para o Ensino de Química e a Formação Docente a partir do Aprender pela Pesquisa Centrada no Aluno (APCA). Tecné, Episteme y Didaxis: TED, 1247-1253. Disponível em: https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/15302. Acesso em: 13 mar. 2022.

Bedin, E., & Del Pino, J. C. (2020a). La movilización de competencias y el desarrollo cognitivo universal-bilateral del aprendizaje en la enseñanza de las ciências. Revista Paradigma. (Edición Cuadragésimo Aniversario: 1980-2020)(XLI), 360-383. https://doi.org/10.37618/PARADIGMA.1011-2251.0.p360-383.id804.

Bedin, E., & Del Pino, J. C. (2020b). A metodologia Dicumba e o Aprender pela Pesquisa Centrada no Aluno no Ensino de Química: narrativas discentes na Educação Básica. Revista Insignare Scientia-RIS, 3(3), 3-24. https://doi.org/10.36661/2595-4520.2020v3i3.11774

Braathen, P. C. (2012). Aprendizagem mecânica e aprendizagem significativa no processo de ensino-aprendizagem de Química. Revista eixo, 1(1), 63-69. https://scientiaplena.org.br/sp/article/view/1517

Creswell, J. W. (207). Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed.

Dal-Farra, R. A., & Lopes, P. T. C. (2013). Métodos mistos de pesquisa em educação: pressupostos teóricos. Nuances: estudos sobre Educação, 24(3), 67-80. http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v24i3.2698

Denzin, N. K., & Lincoln, Y. S. (2006). Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: Denzin, N. K., & Lincoln, Y. S. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, 2, 15-41. Tradução de Sandra Regina Netz. Porto Alegre: Artmed.

Freire, P. (2005). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. Coleção leitura, 21.

Martins, A. B., Santa Maria, L. C. D., & Aguiar, M. R. M. P. (2003). As drogas no ensino de Química. Química nova na escola, 18(2), 18. http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc18/A04.PDF

Moraes, R., & Galiazzi, M. D. C. (2006). Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação (Bauru), 12(1), 117-128. https://www.scielo.br/pdf/ciedu/v12n1/08.pdf

Moraes, R., Galiazzi, M do C., & Ramos, M. G. (2004). Pesquisa em sala de aula: fundamentos e pressupostos. In R. Moraes, & V. M. R, Lima (Orgs.). Pesquisa em Sala de Aula: tendências para a Educação em Novos Tempos. Porto Alegre: EDIPUCRS, p. 9-24.

Ramos, W. M., Carminatti, B., & Bedin, E. (2021). A metodologia Dicumba e a abordagem CTS: a busca pela alfabetização científica no ensino médio. Revista de Enseñanza de la Física, 33(1), 159-171. https://doi.org/10.55767/2451.6007.v33.n1.33234

Reis, C. (2009). Programa de Português do Ensino Básico. Lisboa: Ministério da Educação/Direção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular.

Santos, A. O., Silva, R. P., Andrade, D., & Lima, J. P. M. (2013). Dificuldades e motivações de aprendizagem em Química de alunos do ensino médio investigadas em ações do (PIBID/UFS/Química). Scientia plena, 9(7 (b)). https://doi.org/10.19123/eixo.v1i1.53

Schopenhauer, A. (2010). Sobre a filosofia e seu método. Hedra.

Stefano, L. R. F. (2006). Representações de professores e alunos sobre a pesquisa escolar: a leitura crítica, a escrita autônoma e a formação do conhecimento. Iniciação Científica Cesumar, 8, 71-83. https://periodicos.unicesumar.edu.br/index.php/iccesumar/article/view/136

Tashakkori, A., & Creswell, J. W. (2007). The new era of mixed methods.

Trespach, R., Guntzel, B., & Bedin, E. (2016). Análise química sobre ferramentas tecnológicas para ensinar química na Educação Básica à alunos surdos. Tecné, Episteme y Didaxis: TED. https://revistas.pedagogica.edu.co/index.php/TED/article/view/4623.

Tardif, M. (2012). Saberes docentes e formação profissional. Editora Vozes Limitada.

Publicado
2023-01-01
Métricas
  • Visualizaciones del Artículo 130
  • PDF downloads: 93
Cómo citar
Dunker, E. B., Bedin, E., & Pino, J. C. del. (2023). APRENDIZAJE A TRAVÉS DE LA INVESTIGACIÓN CENTRADA EN EL ESTUDIANTE: LA CONSTRUCCIÓN DE LA IDENTIDAD CRÍTICO-CIENTÍFICA EN LA ENSEÑANZA DE LA QUÍMICA. PARADIGMA, 44(1), 296-321. https://doi.org/10.37618/PARADIGMA.1011-2251.2023.p296-321.id1214
Sección
Artículos